Apresentação      Equipe      Destaques      Notícias      Agendamentos de grupos   
 
CICC, muito prazer!
 


 

 
   

Atividades de diferentes ciências e culturas em um só lugar. E, para que as pessoas conheçam um pouco disso tudo, nada melhor do que experimentar. Essa é a receita do CICC – Centro Integrado de Ciência e Cultura “Prof. Dr. Aziz Nacib Ab’Saber”.


Aqui, o visitante é, a todo momento, convidado a “fazer ciência”. Não há nota a ser cobrada nem lição a ser tomada: a regra é interagir com os monitores e aparelhos para construir conhecimento.


Ao entrar em contato com os inúmeros espaços temáticos do CICC, o visitante passa a conhecer os princípios físicos, químicos, biológicos e matemáticos que regem a nossa vida e a vivenciar manifestações artístico-culturais de diversas partes do mundo. Para terminar essa viagem, pode passear pelas estrelas e planetas confortavelmente instalado em uma poltrona reclinável.


Inaugurado em 3 de novembro de 2008, o CICC tem como missão criar condições para o aprendizado, estimular a difusão do conhecimento científico e oferecer atividades que propiciem ao visitante formular novas visões que lhe possibilitem interferir na realidade de forma criadora.


Instalado em uma área de 2.346 m² em São José do Rio Preto, município localizado a 450 km da cidade de São Paulo, o Centro funciona por meio de uma parceria entre a Prefeitura Municipal de São José do Rio Preto, a UNESP (Universidade Estadual Paulista) e a Faperp (Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de São José do Rio Preto).


Para a execução das atividades, o Espaço conta com a atuação de técnicos, monitores (universitários) e profissionais contratados por meio de processo seletivo, além de professores universitários.

Quer embarcar nessa viagem? Clique aqui!

História

São José do Rio Preto, pólo de uma região que engloba mais de 100 municípios, conquistou, ao longo de seus 156 anos, estrutura adequada para atender às demandas de ensino formal de qualidade em todos os níveis – da pré-escola ao ensino médio, do técnico à graduação, do mestrado ao pós-doutorado.


Na década de 90, o interesse do Poder Público, de professores universitários e de outros profissionais rio-pretenses de possibilitar um contato mais direto da população com o “fazer ciência”, como já ocorria em algumas capitais brasileiras, foi o responsável pelo primeiro passo no sentido de o município conquistar ainda mais destaque nos campos da ciência e educação, com a criação do CIC – Centro Integrado de Ciência.


As atividades do CIC foram colocadas em prática, parcialmente, de 1998 a 2005. Interessado em garantir o funcionamento pleno do Espaço de modo permanente, o Poder Público Municipal iniciou, em 2006, uma série de discussões com a comunidade técnica e científica local em busca de parcerias, ao mesmo tempo em que executava adequações do espaço. A solução veio em 3 de junho de 2008, com a celebração de um convênio entre a Prefeitura Municipal de São José do Rio Preto, a UNESP e a Faperp (Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de São José do Rio Preto) para gerir a instituição e atingir um patamar de realizações no campo científico e educacional à altura da capacidade instalada, dos investimentos realizados e do potencial econômico e social de São José do Rio Preto.


Em sua nova configuração, o CICC - Centro Integrado de Ciência e Cultura - propicia à população o acesso à ciência e à cultura, estimula o estudo e a compreensão dos fundamentos básicos das ciências naturais e possibilita a melhoria da qualidade de ensino nas escolas de Ensino Fundamental e Médio.


Convênio

A gestão administrativa, pedagógica e financeira do CICC é realizada por três instituições parceiras: a Prefeitura Municipal de São José do Rio Preto, por meio da Secretaria de Educação; a UNESP, por meio do Instituto de Biociências Letras e Ciências Exatas (IBILCE); e a Faperp (Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de São José do Rio Preto).


A Prefeitura é responsável pelo repasse dos recursos necessários para aquisição de equipamentos, manutenção dos espaços e contratação do pessoal de gestão. Fica também a seu cargo o pagamento das despesas do uso de utilidades públicas, como água, esgoto, energia e telefonia.
 
A UNESP, além de indicar representantes para a Comissão Científica, é responsável pela análise de propostas e gestão das atividades científico-culturais realizadas no CICC. A instituição também disponibiliza o trabalho de docentes e servidores técnico-administrativos, de acordo com sua própria legislação, para compor os conselhos e dar suporte para a elaboração e o desenvolvimento de projetos.


A Faperp, por sua vez, tem como responsabilidade a administração do CICC, do repasse de recursos provenientes da Prefeitura e a admissão e supervisão do quadro de funcionários do espaço.


Estrutura

O CICC – Centro Integrado de Ciência e Cultura de São José do Rio Preto – conta com uma área de 2.346 m² de área construída, na qual estão instalados:

  • Anfiteatro com 168 lugares;
  • Espaço de Linguagens, Física, Matemática, Química e Biologia;
  • Planetário com 96 lugares;
  • Dois observatórios.


 
   Leia também
Nenhum registro encontrado!

 
Seu Nome:  
Seu E-mail:    
Destinatario:  
E-mail destino:    
Enviar   Cancelar